• contatoapoioprojet

O que aprendemos com a tragédia em Beirute?


Foto: Hussain Malla AP/G1


Quando me perguntam porque é necessário um novo AVCB quando há ampliação em um imóvel comercial ou mudança no uso do imóvel, a resposta é sempre: “por motivo de segurança”. O desastre em Beirute, no Líbano, há sete dias mostra que isso é uma realidade.

A origem da explosão ainda não foi descoberta mas o que já se tem certeza é que, quando o fogo atingiu uma carga de nitrato de amônio armazenada no porto de Beirute, o resultado foi devastador. A tragédia chocou o mundo, matou mais de 100 pessoas, deixou mais de cinco mil feridas e outras 250 mil desabrigadas, e o prejuízo estimado varia de três a cinco bilhões de dólares, segundo o governador de Beirute, Marwan Abboud.

Uma vez que o porto não tinha estrutura para abrigar aquele tipo de material, que estava em um navio e foi apreendido em 2013, o chefe do porto e o chefe da alfândega de Beirute enviaram várias cartas ao judiciário ao longo dos anos com a solicitação de remoção do material, mas não foram atendidos.

O caso se tornou uma tragédia anunciada, já que o nitrato de amônio, quando em contato com elemento combustível como a fonte de calor originada a partir da explosão, gera uma reação química em que a substância (o nitrato) se decompõe, libera grande quantidade de gases e então assume um alto potencial explosivo.


É claro que o volume da carga, mais de 2,75 toneladas de nitrato de amônio, não se compara com o que a maioria das empresas têm em seus depósitos e estoques. Contudo, muitas vezes não é preciso haver uma grande quantidade de produto inflamável ou comburente para que haja um incêndio.

No Brasil, os dois últimos incêndios que comoveram a população foram causados por problemas em equipamentos de ar condicionado, produtos que são comuns em empresas e residências. Em fevereiro do ano passado, um curto circuito ocasionou um incêndio que matou dez jovens no Centro de Treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro.


Em setembro de 2018, também no Rio, um problema em um aparelho de ar condicionado originou um incêndio que destruiu o Museu Nacional e quase todo o acervo histórico e científico, que contava com mais de 20 milhões de itens reunidos em dois séculos. Apesar do grande porte dos danos causados, ninguém se feriu.

Imagine o que pode ocorrer em uma empresa? Certamente, o investimento em prevenção sempre será muito inferior aos prejuízos que um incêndio pode causar. Já pensou nisso?


Vinícius Silveira

Diretor da Apoio – Projetos, Instalações e Consultoria e

da On Line – Projetos, Desenhos e Plotagens


#Beirute #Líbano #explosão #nitratodeamônio #incêndio #prevenção #AVCB #apoioprojeto

17 visualizações

HOME   |   CONSULTORIA   |   QUEM SOMOS   |   SERVIÇOS   |   CLIENTES  |   CONTATO 

 

Apoio / On Line 2020

Todos os direitos reservados.

Site criado por Texttou

  • Facebook